segunda-feira, 16 de julho de 2012

O Tarumã abriga Mini Pica-Pau raro.

Mesmo com tanta destruição ainda é possível encontrar espécies raras como esse mini Pica- Pau no Tarumã. Seu canto é inconfundível e sua beleza encantadora , nas nosssas pesquisas não encontramos detalhes sobre ele mas sabemos que existem várias espécies de mini Pica -Paus .
Bem menor que o Pica -Pau normal  o barulho quando bate nas árvores é tão alto quanto o grande.
Sempre que aparece está sozinho , divide a árvore com outras espécies de pássaros.

 
Tucanos e Araçaris também estão chegando para se alimentar dos últimos buritis da safra que começou no inverno e já está chegando ao fim. Mas  a comida está garantida com a florada das bacabeiras e Patauazeiros que já estão com cachos carregados.
Tememos pelo completo desaparecimento de pássaros tão belos  e exóticos. Pouco sabemos sobre eles e sua distribuição e quantidade. percebemos apenas que estão aparecendo em grupos cada vez menores talvez por causa da grande destruição de florestas que vem ocorrendo diariamente no Tarumã.

O pássaro ao lado é desconhecido para nós. Belíssimo e muito tímido, aparece de vez em quando e quase não se deixa fotografar. Parece ser solitário ou então tem um parceiro com plumagem  completamente diferente. Estes animais não estão sendo catalogados, estudados e nem protegidos. As florestas que servem de abrigo também passam pelo mesma situação de abandono e destruição. Não se ouve uma voz sequer de autoridades ou administradores públicos interessados em proteger ecossistemas inestimáveis como os que ainda resistem intactos na Apa-Tarumã.
Precisamos destacar que o lar destes animais é o igarapé da Água Branca, com suas margens ainda conservadas e cheias árvores centenárias que precisam continuar vivas para que Manaus tenha alguma chance de futuro com melhor qualidade ambiental.

4 comentários:

Anônimo disse...

Gostei muito do trabalho de vcs. Realmente manaus está sem autoridade para ser capital verde da copa. Continuem a luta, nós estamos de olho também dando todo apoio.
Clube Neoambiental- Am

Anônimo disse...

O pássaro desconhecido é um surucuá-variado, pode ocorrer com diversas variações de cores. Alimenta-se de brotos e insetos.

Luisfernando Hoffmeister disse...

Hoje avistei um mini pica pau igual ao da fotografia em Campo BOM RS

Luisfernando Hoffmeister disse...

Existe uma área que ainda está preservada em frente a casa onde vivem especies raras em uma zona urbana,trinca ferro,coleiro,sabiá aracua
,canários,muitas espécies...