sábado, 22 de março de 2014

Órgãos Ambientais locais liberam desmatamentos no Tarumã 

A cada chuva que cai as mazelas causadas pelos desmatamentos autorizados pelos órgãos ambientais de Manaus nas margens e nascentes do igarapé da Água Branca se revelam mais intensas. Agora além da enorme quantidade de barro e lama que se acumulam nas margens e leito, a turbidez da água está se mantendo por até quatro ou cinco dias. Estamos preocupados com isso e vamos solicitar uma visita ao canteiro de obras da expansão do #AeroportoEduardoGomes, que causou desmatamento e assoreamento das nascentes do Água Branca. A empresa Oliveira Energia também desmatou uma área enorme que vai desde a Av. do Turismo até as margens do igarapé e causou a destruição de muitas nascentes. Essa obra em especial (Oliveira Energia) parece ter desmatado muito mais do que a Licença Ambiental da #SEMMAS - Secretaria Municipal de Meio Ambiente e... autorizava. Já visitamos com fiscais da Semmas e Ipaam e parece que nenhuma providência foi tomada pois todo o barro exposto pela floresta derrubada pela obra está escorrendo para o leito do Água Branca. Essa obra é uma das maiores Vilãs da história que contamos.
8

2 comentários:

Luisfernando Hoffmeister disse...

Se pudesse gostaria que entrasse em contato

Michele Moraes disse...

Boa noite, Luis Fernando
Podes entrar em contato pelo email matavivaam1@gmail.com
Desculpe a demora!